Bem vindo ao Nota do Game

Descubra se o game que você está a fim vale a pena!

Trailer em Destaque

  • Um jogo muito underground se comparado com o resto da série. Mas mesmo assim ele consegue ter a melhor trilha sonora, com músicas anos 80 do krl e que fogem um pouco do esteriótipo das mesmas músicas de sempre dessa época. Gráficos muito bons pra época, uma história bacana e tudo isso feito no PSP, oq é um mérito a mais ainda.
  • Capa de Crash Nitro Kart Foto de Heitor Heitor para Crash Nitro Kart
    no
    PS2
    há 2 dias
    Eu amava esse jogo quando eu era criança, me impressionou muito com os gráficos e mesmo com a jogabilidade padrões PS2 na época, era e ainda continua maravilhoso sem dúvida, esse (pra mim) era o meu clássico absoluto de toda franquia Crash bandicoot! Que jogo divertido! P.S- Tem um final diferente pra cada equipe que você escolher.
  • Percebi muitos erros nos personagens principalmente nos inimigos muitos deles não morrem nunca kkkkkk tive que dar reset no jogo muitas vezes porque os inimigos simplesmente paravam de morrer kkkkk ...
  • Estou jogando BOTW a quase dois anos. Toda vez que pego no controle pra jogar é a mesma sensação! Esse jogo vai além de qualquer experiência que eu já tenha tido em um game. Nos dois primeiros minutos ele já te passa uma sensação de liberdade e deixa claro que quem manda é você. A história vai ser contada da maneira que vc escolher, suas ações vão determinar como vai ser sua gameplay, você será responsável pelas consequências de tudo. O game estabelece um relacionamento com o jogador, em todos os aspectos. O áudio ambiente e a música baixa, combinados com as belas paisagens deixam o jogo com um ar contemplativo, mas esses elementos também conseguem transmitir tensão, urgência e perigo (lembrou daquela musiquinha do guardião né, meu filho(a)!?), quando necessário. As famosas dugeons de Zelda dão espaço a Shrines e Divine beasts, mas o objetivo aqui é o mesmo: quebrar o ritmo de exploração e espremer seus miolos pra achar soluções de quebra-cabeças no estilo que só a Nintendo sabe fazer. A jogabilidade é muito fluída e bem ampla. A história é bonita e bem contada. E os gráficos são maravilhosos pra o que se propõem. Enfim, sem nenhuma dúvida, é o melhor jogo de vídeo game que eu já tive a oportunidade de jogar, na minha opinião.
  • Capa de The Last of Us Part II Foto de BIG BOSS BIG BOSS para The Last of Us Part II
    no
    PS4
    há 2 semanas

    Esta análise contêm spoilers

    O jogo tem otimos pontos técnicos, o gráfico é impecável, lindo de mais, cenários vastos com muita coisa pra explorar, jogabilidade muito fluída e fácil de se adaptar, as mecânicas do jogo anterior foram bem melhoradas e as novas são tão boas quanto, a variedade de inimigos é muito grande, e mesmo com tudo isso o jogo tá liso, não teve nenhum bug que comprometesse meu jogo, literalmente só vi dois bugs, um que na animação do estalador me matando ele tava invisível ( ele ficou depois de me matar) e um que a ellie não puxou a corda pra atirar com o arco, os dois foram só bugs visuais Quanto a história, é aí que o jogo peca, eles basicamente pegam a história do primeiro e jogam no lixo, personagens do primeiro totalmente descaracterizados, um enredo com muita forçaçao de eventos, os personagens novos só 2 prestam, até a metade do jogo ele vai bem, mas depois fica chato pra kct e claramente queriam te forçar a ter empatia pela vagabunda da abby, um personagem que não tem carisma nenhum, e o final é decepcionante pra caramba

Nota do Game

Nos acompanhe!